5 vírus de computador mais comuns e como evitá-los

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Proteger seu sistema de malwares e vírus de computador é fundamental para conseguir cuidar de seus dados e da sua máquina como um todo. Muitos deles são capazes de trazer uma série de prejuízos, sejam eles financeiros ou, até mesmo, transtornos pessoais,

Contar com um antivírus atualizado e um bom firewall são alguns passos importantes. Mas para conseguir os melhores resultados na proteção dos seus dados, é fundamental identificar quais são os principais riscos aos quais está exposto.

Para isso, veja os 5 vírus de computador mais comuns e saiba como cada um deles age em seu sistema.

1. Backdoor

Backdoors são uma espécie de vírus que são instalados na máquina por meio da ação de outros malwares (como trojans ou spywares), explorando vulnerabilidades de segurança na máquina. É um vírus complicado de ser identificado sem um software específico para este fim.

Seu objetivo é promover acesso remoto a máquina de um terceiro, podendo realizar ações tais como:

  • gerenciar seus ficheiros;
  • controlar seu sistema operacional;
  • ter acesso aos arquivos integralmente;
  • permite até mesmo utilizar sua máquina para atacar outros usuários;
  • pode encriptar arquivos;
  • captura de tela.

2. Spyware

Como o próprio nome sugere, o Spyware é um software que age como espião em sua máquina. Seu objetivo é conseguir observar o funcionamento da máquina infectada e roubar informações.

Eles podem agir de má fé, com o objetivo de coletar informações sensíveis (dados bancários, cartões de crédito, informações para chantagem, entre outros), ou funcionarem como coletores de dados para otimizar anúncios.

Por exemplo, um spyware pode identificar qual o seu padrão de pesquisa no Google e, assim, direcionar anúncios de acordo com os temas de seu interesse, com o objetivo de conquistar maior chance de sucesso em suas ações.

3. Ransomware

O Ransomware é um vírus que se tornou bastante popular nos últimos anos, cujos danos são bastante complicados. Isso porque ele atua como um código malicioso que encripta os arquivos do disco rígido, de forma que apenas o responsável pela sua transmissão tenha a chave capaz de descriptografar os ficheiros.

A partir disso, surge uma mensagem na tela, pedindo um resgate pela liberação das informações, normalmente feito em bitcoins. E nem sempre a situação é resolvida, mesmo mediante o pagamento.

4. Trojan

O Trojan é conhecido também como “Cavalo de Troia”. Ele normalmente infecta a máquina agindo como se fosse um programa legítimo, enganando os sistemas de defesa e, também o próprio usuário.

Ao ser acessado, ele ativa um código que abre uma porta de vulnerabilidade para que outros tipos de vírus acessem a máquina e realizem as ações que os hackers desejam.

Seu nome vem justamente da história do Cavalo de Troia, que foi um presente enviado pelos gregos e que, na verdade, era uma estratégia para atacar os inimigos.

5. Adware

O adware é um dos malwares mais inocentes dessa lista, mas também deve ser observado com cuidado para não trazer problemas para o usuário. Ele é um vírus cujo objetivo é exibir propagandas e anúncios sem autorização da pessoa.

Apesar de inocentes, eles tornam a máquina e a conexão mais lentas e podem prejudicar a sua usabilidade no dia a dia.

Conhecer esses vírus de computador é fundamental para saber como se prevenir e minimizar possíveis prejuízos que eles possam causar tanto em sua vida pessoal quanto profissional.

Quer mais dicas interessantes para proteger sua máquina, suas contas e conexões? Então assine nossa newsletter e receba nossas dicas e notícias diretamente em seu e-mail!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-