[Julho/19] 4 motivos para investir no monitoramento de rede corporativa

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

As redes corporativas tornam-se cada vez mais complexas à medida que os negócios se expandem, fazendo com que o controle sobre elas seja facilmente perdido. Consequentemente, falhas podem surgir de forma inesperada, causando interrupções na produção e gerando grandes prejuízos. Como os ambientes virtuais são a base para a maioria das operações de negócios atualmente, o monitoramento de rede corporativa passa a representar uma estratégia essencial.

Mas você sabe como esse método pode ajudar? Abaixo, você vai descobrir o que é monitoramento de rede corporativa e as vantagens proporcionadas por ele. Confira!

O que é monitoramento de rede corporativa?

O monitoramento de rede corporativa é representado por uma série de procedimentos aplicados para verificar o funcionamento da estrutura, bem como quem a acessa, em tempo real. Essa estratégia é implementada com a ajuda de ferramentas tecnológicas que permitem a automação de grande parte do processo, tornando o controle mais amplo e eficiente.

Por que é importante investir no monitoramento de rede corporativa?

A crescente busca por disponibilidade dos sistemas e eficiência operacional está levando muitos gestores a repensarem as suas estruturas de rede, e o monitoramento em tempo real é uma parte importante da solução. Por isso, listamos 4 benefícios da implementação dessa estratégia abaixo. Acompanhe!

1. Segurança dos dados e sistemas

Com o monitoramento de rede corporativa, os gestores conseguem proteger melhor os bancos de dados e os escripts dos sistemas. Isso acontece porque alguns dos procedimentos automatizados realizam varreduras em busca de vírus, malwares, spywares e qualquer outra ameaça que tente quebrar linhas de códigos ou roubar e deletar dados.

2. Controle de acesso à rede

Mesmo com um login a base de senhas fortes, a rede corporativa pode ser invadida por cibercriminosos e, muitas vezes, os prejuízos são incalculáveis. O monitoramento deve não só garantir o acesso de usuários devidamente identificados, como também vigiar seus passos dentro da rede, bloqueando o acesso imediatamente após o registro de ações suspeitas.

Como a maioria dos usuários deixa um rastro de acessos, formando um padrão de uso dos sistemas e dados, o monitoramento fica mais fácil de ser feito. Basta uma ação fora do padrão que o monitoramento faz um logout automático, exigindo novos parâmetros de identificação para permitir um novo acesso.

3. Prevenção de falhas

Um dos principais objetivos do monitoramento de rede corporativa é antecipar problemas. Com sistemas auxiliando no trabalho manual, os profissionais responsáveis pela estratégia recebem sinais de alerta de falhas, com um relatório detalhado sobre cada problema, podendo planejar ações de correções antes mesmo que afetem os sistemas e bancos de dados do negócio.

4. Redução de custos

Pegando carona no tópico anterior, quando falamos em prevenção de problemas, os gestores passam a registrar menos falhas, o que reduz o número de chamadas de suporte para os trabalhos de correções no modo reativo. Consequentemente, isso reduz os custos operacionais e contribui para o aumento da produção, já que o negócio ganhará um ambiente de trabalho mais seguro e estável.

Uma estratégia eficiente para o monitoramento de rede corporativa pode ser obtida por meio de uma consultoria e gestão de TI profissional (terceirização). Contar com apoio especializado é importante devido ao alto grau de know how entregue, além de permitir o direcionamento da mão de obra interna para as operações que realmente importam, como aquelas que estão diretamente relacionadas com a geração de receitas.

Gostou da dica? Registre o seu e-mail em nossa newsletter agora mesmo e receba conteúdos exclusivos!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-